Pelé revela papo com Neymar após a Copa: “Ficou difícil defender”

0
55

O desempenho de Neymar na Copa do Mundo da Rússia, acompanhado das duras críticas pelo excesso de quedas e simulações, renderam uma conversa particular entre o camisa 10 da Seleção Brasileira e Pelé. Incomodado com a repercussão do craque do Paris Saint-Germain, o Rei fez questão de “puxar a orelha” do atacante e admitiu que ficou difícil defendê-lo após o Mundial.

“Ficou difícil defender o Neymar por todas essas coisas que ele fez além de jogar futebol. E eu conversei com ele, disse que futebol ele tem. Ele deu azar porque a Seleção não ganhou a Copa e ele ficou marcado. Estive duas vezes com ele na Europa, a gente conversou e eu expliquei isso: ‘Pô, futebol, Deus te deu o dom. O que você fez é que complicou’”, disse Pelé em entrevista à Folha de São Paulo.

Pelé afirmou que Neymar errou na Copa do Mundo (Foto Fernando Dantas/Gazeta Press)

Sobre o desempenho da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2018, o Rei afirmou que as críticas direcionadas à Tite e aos seus comandados foram injustas, pois a equipe não estava completamente formada e “deu azar”. Além disso, o jejum de títulos da amarelinha se deve, segundo Pelé, à evolução dos adversários. Ainda assim, o ídolo reafirmou que o Brasil é o dono do melhor futebol: “Sem dúvida”.

Depois de realizar três cirurgias em sequência, Pelé revelou que diminuiu o número de viagens e presenças em eventos por recomendação médica, mas que não deixou de acompanhar futebol pela televisão. Quanto as comparações entre Neymar e Mbappé, o Rei não pestanejou em afirmar que o brasileiro é “mais jogador” e rechaçou as discussões sobre Messi ser o melhor da história.

“É questão de gosto. Há pessoas que acham isso. Tem gente que faz comparação de um cara que cabeceia bem, chuta com a esquerda, chuta com a direita, com outro que só chuta com uma perna, só tem uma habilidade. Como pode comparar? Para comparar com o Pelé tinha de ser alguém que chutasse bem com a esquerda, chutasse bem com a direita, fizesse gol de cabeça”, finalizou Pelé, dizendo que Maradona foi “muito melhor” que Messi.


Tite não participaria de festa do título com Bolsonaro

Firmino completará 400 jogos como profissional em clássico inglês

Brasil segue em terceiro no ranking da Fifa; Bélgica mantém a liderança

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here