SpaceX perde propulsor central do Falcon Heavy devido a mar revolto

0
5

A SpaceX confirmou ter perdido o propulsor central do Falcon Heavy que decolou na última quinta-feira (11). O foguete chegou a pousar corretamente na balsa autônoma da SpaceX próximo ao litoral norte-americano no Atlântico, mas foi derrubado pelas ondas durante o transporte de volta ao continente.

De acordo com a empresa de exploração espacial de Elon Musk, após o pouso, o mar começou a registrar ondas frequentes de até 3 metros, o que fez o foguete se deslocar e, posteriormente, cair no mar antes que a equipe de resgate pudesse fixá-lo adequadamente à balsa. O robô que a empresa normalmente usa para fixar os Falcon 9 à balsa ainda não está adaptado para o Falcon Heavy.

spacexPropulsor central do Falcon Heavy pousou com sucesso, mas Iemanjá achou que era oferenda (fonte: SpaceX)

Conforme as condições pioraram, com ondas de até 3 metros, o propulsor começou a se movimentar

“Durante o fim de semana, devido a más condições do mar, o time de resgate da SpaceX não conseguiu prender o propulsor central do Falcon Heavy para o seu retorno a Porto Canaveral”, disse a empresa em comunicado oficial ao The Verge. “Conforme as condições pioraram, com ondas de até 3 metros, o propulsor começou a se movimentar, não conseguindo ficar de pé logo em seguida. Ao passo que esperávamos trazer o propulsor de volta intacto, a segurança da nossa equipe é prioridade. Não esperamos que o acidente tenha impacto em missões futuras”.

No Twitter, Elon Musk confirmou que a SpaceX conseguiu recuperar o foguete do mar, mas não sabemos quais partes poderão ser reutilizadas. Musk chegou a dizer que os “motores parecem ok”, mas eles devem passar por uma inspeção antes de uma possível reutilização.

Nos próximos meses, durante o nosso inverno, a SpaceX devem lançar mais um Falcon Heavy, composto de três propulsores. O núcleo central será novo, mas os dois propulsores laterais que voltaram em segurança para a Terra na semana passada devem compor o foguete.

A missão da última quarta-feira foi a primeira com finalidades comerciais do Falcon Heavy. O primeiro voo do mais poderoso foguete da atualidade, contudo, foi um teste em fevereiro do ano passado, que colocou um Tesla Roadster e um boneco conhecido como “Starman” na órbita de Marte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here