Alexandre Rocha fica em quarto lugar no Chile e pontua no Ranking Olímpico

0
16
Alexandre Rocha avança na corrida por uma vaga em Tóquio 2020 (Foto: Enrique Berardi/PGA Tour)

Alexandre Rocha foi o grande destaque entre os brasileiros no 93º Aberto do Chile, disputado de 18 a 21 de abril no Club de Golf Mapocho. O quarto lugar na terceira etapa de 2019 do PGA TOUR Latino América rendeu a Rocha pontos nos Rankings Mundial e Olímpico, na busca por uma vaga nos Jogos de Tóquio 2020.

O golfista esteve entre os primeiros colocados em todos os dias, anotando 65 tacadas na primeira volta. No segundo dia, com atraso por conta de neblina, o brasileiro terminou liderando, após conseguir 67 tacadas. A terceira volta acabou ficando no par, com 71, mas na última volta Rocha voltou a crescer e fechou com 67, novamente, totalizando 270 tacadas, -14.

“O vento por trás estava traiçoeiro e o atraso por conta da neblina também não ajudou, mas joguei muito bem. Consegui dois birdies em buracos que não esperava, mas também sofri com o vento em outros que deveria ter feito pelo menos par. Mas o importante foi que entendi bem o campo”, disse Rocha, após o segundo dia.

Outro brasileiro, Rafa Becker teve dois dias muito bons, com 68 e 67 tacadas, mas perdeu rendimento na terceira e na quarta voltas, quando fez 71 e 72, somando 278, -6. O campeão da etapa foi o americano John Somers, que anotou 265 (68, 65, 67, 65), -19.

Outros brasileiros no Aberto do Chile

O Brasil teve ao todo seis golfistas no torneio chileno. Herik Machado fez sua estreia como profissional. Além dele, participaram da competição Felipe Navarro, Rodrigo Lee e Gustavo Teodoro, mas os quatro não conseguiram passar o corte, que ficou em -3 tacadas.


Duplas brasileiras disputam etapa na China buscando pontos na corrida olímpica

Dani Lins pede dispensa da Seleção Brasileira de vôlei

Brasileiros ganham posições e Djokovic lidera ranking da ATP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here