Dia Mundial do Rock: quais são as bandas favoritas do TecMundo e da NZN?

0
2

Neste sábado (13) celebramos o Dia Mundial do Rock. Tudo bem que rock se comemora todo dia, mas como há uma data especial para isso, nada melhor do que aproveitarmos ainda melhor a festa. E para inspirar geral, a galera aqui do TecMundo e a da NZN fez uma lista com algumas das faixas prediletas.

Adan Martins (Analista SEO) — Twisted Sister

Não é a favorita, mas Dia do Rock tem que tocar o clichê “I Wanna Rock”, hahaha.

[embedded content]

Alana Schmidt (Analista SEO) — Pink Floyd

Rock sempre foi meu gênero preferido pois sempre ouvi desde pequena com meu pai. Pink Floyd está no top 3 das minhas bandas favoritas e acho que dispensa comentários sobre.

[embedded content]

André Kano (COO) — Radiohead

Radiohead está entre as bandas de rock que redefiniram o rock, o gênero musical que mais se reinventou ao longo da história ao lado do jazz. Poucas bandas se comparam dentro do aspecto artístico; poucas bandas têm a ousadia e a coragem que o Radiohead tem.

[embedded content]

Bianca Santa Cruz (Gerente de Produto) — Queen

Queen é simplesmente incrível e essa é uma das minhas músicas favoritas da vida. Dá uma vontade de sair correndo e conquistar o mundo!!!

[embedded content]

Carolina Perazolli (Designer) — Linkin Park

Desde os 14 apaixonada por eles, acredito que foi a primeira banda que realmente acompanhei.

[embedded content]

Carlos Andreatta (Analista de Audiência) — The Hatters

Essa banda é sensacional! Música para ouvir com uma garrafa de vodka na mão! 

[embedded content]

Cinthia Coulter (Auxiliar Administrativo) — Balthazar

Minha banda favorita de todos os tempos sempre será Red Hot Chilli Peppers, mas no momento tô numa overdose de Balthazar, os caras mais fantásticos de stoner belga.

[embedded content]

Claudio Yuge (Redator do TecMundo) — The Sonics

The Sonics é aquele rock puro, garageiro e que não cabia dentro da alma inquieta de um adolescente. É como o rock deve ser: inconsequente e delicioso.

[embedded content]

Crislaine Henk (Líder dos Nexperts) — The Killers

Sempre fui fã desde adolescente — vulgo emo (risos). Ano passado vi esses lindos no Lollapalooza e foi uma das melhores sensações que já senti. “I feel infinite.”

[embedded content]

Diego Cordeiro (Data Scientist) — Legião Urbana

Eu era o cara que levava o violão para escola pra tocar legião.

[embedded content]

Douglas Ciriaco (Redator do TecMundo) — Pavilhão 9

O melhor mix entre derivados do rock e o rap escancarando as vísceras do Brasil urbano.

[embedded content]

Fábio Jordão (Editor-chefe The Hardware Show) — Nazareth

Nazareth é uma das bandas mais influentes e versáteis de rock. Fundada na década de 1960, os caras continuam na ativa até hoje, apesar de mudanças na formação da banda. Hits como “Love Hurts”, “Where Are You Now” e “Dream On” mostram o tom romântico dos caras, o que conquistou o público.

Particularmente, sou muito fã de “Little Part of You”, que tem um ritmo viciante e uma letra fantástica. É uma das minhas bandas favoritas pra curtir nos fones ou na sonzera do meu sedan durante uma viagem.

[embedded content]

Felipe Gugelmin (Redator do Voxel) — The National

Dá para sentir uma evolução clara entre cada álbum do The National, que compartilham a mesma linha de composição, ao mesmo tempo em que são essencialmente diferentes. “I Am Easy to Find” é só mais um exemplo de como os caras mandam bem.

[embedded content]

Felipe Payão (Repórter do TecMundo) — Zeal & Ardor

Banda mais visceral da atualidade. 

[embedded content]

Gabriely Nascimento (Assistente de Recursos Humanos) — Legião Urbana

Minha mãe só cantava essa música na minha infância e depois disso tornou uma das minhas faixas  favoritas.

[embedded content]

Jean Schwab (Front End) — Blackberry Smoke

Southern rock não é só Lynyrd Skynyrd, Blackberry Smoke é a prova. Direto dos pântanos do sul dos Estados Unidos, uma música que é muito gostosa de ouvir, e com um vocal muito característico.

[embedded content]

Juliana Almeida (Analista Financeiro) — Nenhum de Nós

Valorizando o rock nacional e porque sou canceriana, adoro. 

[embedded content]

Léo Müller (Redação) — Muse

O Muse foi minha banda favorita por muito tempo. Na minha formatura, entrei com uma música deles (haha). “Hysteria” é a música deles que eu mais gosto. Ela é meio sinistra, mas consegue passar uma sensação de angústia que acho que todo mundo já sentiu na vida. Por isso acho que é uma excelente faixa.

[embedded content]

Lorena Estevam (Analista de Projetos) — Jimi Hendrix

Meu pai é músico e sempre achei muito legal assistir VHS de aulas e shows de guitarra com ele, quando descobri que a existência do Hendrix descobri também um amor por solos de guitarra.

[embedded content]

Luke H. Zanchi (Community Manager do TecMundo) — David Bowie

Lembro até hoje do dia, ainda quando eu era criança, em que eu vi um cara de cabelo vermelho, sem sobrancelha, magrelo e tocando violão na TV (era Space Oddity, que inclusive fez 50 anos dia 11 agora). 

Aquilo me deixou completamente hipnotizado. Mais tarde aprendi quem era David Bowie, e minha vida nunca mais foi a mesma. Um dos maiores pioneiros e experimentadores da história do rock, com toda certeza.

[embedded content]

Lucian Woytovicz (Coordenador de Social Media) — Fresno

O emo nacional segue vivo e mais rock do que nunca.

[embedded content]

Mike Ale (Roteirista) — Cólera

Pioneiros da cena punk nacional! Tive o prazer de ver a banda lá por 2008 (ou foi 2009?) Poucos anos antes do saudoso Redson nos deixar. Viva o punk nacional e Pela paz em todo mundo!

[embedded content]

Niémerson Gaudêncio (Analista de Conteúdo) — Vixen

Está no TOP 10. Como é difícil escolher apenas uma, vai esta, porque estou ouvindo nesse momento.

[embedded content]

Rafiana Rech (Head de Recursos Humanos) — Aerosmith

Ouço desde que nasci e quando ouvi a primeira vez ao vivo quase morri do coração, principalmente no momento que o Steven Tyler sobe no piano.

[embedded content]

Renan Hamann (Head de conteúdo) — Iron Chic

No ano passado eu fui de RVIVR, mas em 2019 o topo do ranking tá ficando com a Iron Chic (que foi menção honrosa na outra lista). Apesar de ter tido uma adolescência e início de vida adulta muito ligada em metal, o hardcore tem sido meu estilo favorito há anos e essa banda fala muito comigo. Também menciono Tenemos Explosivos (do Chile) como um grande destaque.

[embedded content]

Rodrigo Doze Vana (Videomaker) — Heavysaurus

Os verdadeiros dinossauros do rock \m/.

[embedded content]

Silmara Slobodzian (Designer) — Phoenix

Essa banda francesa ganhou meu coração e acho que ainda é a mais tocada no meu Spotify. 

[embedded content]

Vinícius Munhoz (Redator do Voxel) — Babymetal

A banda é recente e conheci há poucos anos. Mas a combinação de estilo e o tempero japonês da banda (somado às coreografias e instrumental extremamente técnico e pesado) criaram amor à primeira vista. As meninas mandam muito e estão decolando no sucesso.

[embedded content]

Wagner Souza (Dev Back End) — Ramones

Ouço desde a adolescência e quis aprender a tocar guitarra por causa da banda.

[embedded content]

********************

Para curtir conosco, colocamos tudo isso aí em uma playlist no Spotify, saca só:

E você, qual é a sua banda favorita? Conta para a gente nos comentários! E bom Dia Mundial do Rock para todos nós!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here